Publicidade

Vai viajar com o pet? Confira 5 dicas fundamentais

O fim de ano está se aproximando e junto com ele as viagens em família. Para quem tem animal de estimação, lógico que ele está incluso nessa programação.

Publicidade

No entanto, viajar com o pet requer cuidados especiais para garantir a segurança e o conforto do seu animal de estimação.

Se esses são seus planos, continue a leitura deste artigo e veja algumas dicas importantes a serem consideradas ao viajar com seu pet.

Publicidade

Viajar com o pet – Como tornar a experiência segura e divertida

Viajar com os pets pode ser uma boa experiência para tutores e animais. Contudo, a segurança e o bem-estar deles devem sempre vir em primeiro lugar.

Assim, cuidados como garantir pausas para descanso no trajeto e passeios ao ar livre são extremamente importantes.

Abaixo, veja cinco dicas fundamentais:

Publicidade

1. Visite o veterinário

Antes de mais nada, assim que marcou a viagem, marque também uma consulta com seu veterinário para garantir que seu animal de estimação esteja saudável e atualizado com todas as vacinas necessárias para acompanhar a família tanto em viagens de carro, ônibus ou avião.

Peça um certificado de saúde atualizado. Esse documento é exigido em viagens interestaduais ou internacionais e pode ser útil mesmo que esse não seja seu destino.

2. Alimentação e hidratação

Leve água potável e a comida favorita do seu pet durante a viagem para minimizar a mudança na rotina. Separe a quantidade suficiente do alimento para toda a viagem, para não correr o risco de não encontrar o mesmo alimento no destino.

Para reforçar a hidratação, o tutor pode oferecer alimento úmido (em sachês e latas). Além de prático, ele tem maior capacidade de hidratação. No entanto, é bom deixar o animal experimentar esse alimento antes da viagem para ver se há boa aceitação.

Evite alimentar seu animal de estimação pouco antes da viagem para evitar enjoos.

Viajar com o pet
Veja dicas para viajar com o pet em segurança (Foto: Emerson Peters/Unsplash)

3. Kit de viagem do pet

Esteja preparado para emergências. Leve um kit de primeiros socorros para animais de estimação, medicamentos regulares, informações de contato do veterinário e uma foto recente do seu pet caso ele se perca.

Leve também objetos que tragam conforto emocional, como, por exemplo, brinquedos, cobertores ou outros objetos familiares que possam ajudar a acalmar seu pet. Nesse item, inclua os pertences do animal, como caixa de transporte, guia e coleira, caminha, comedouros e itens de higiene (tapete higiênico, lenço umedecido, caixas de areia, sabonete, etc).

4. Passeios ao ar livre

Leve em consideração as condições meteorológicas ao planejar sua viagem, pois temperaturas extremas podem ser perigosas para animais de estimação.

Se as brincadeiras com o pet forem ao ar livre, tome cuidado com a exposição solar, evitando o período entre as 10h e as 16h. Não se esqueça de oferecer água regularmente para a hidratação e atenção para as patinhas no chão quente, se for o caso.

No trajeto até o destino, planeje fazer paradas regulares para que seu pet possa fazer suas necessidades, esticar as pernas e se hidratar. Certifique-se de que as paradas sejam seguras e adequadas para animais de estimação.

5. (Re)Avalie a decisão

Viagens podem ser divertidas, mas podem gerar estresse do mesmo modo, principalmente naqueles pets que não são acostumados a ter contato com outras pessoas além da família. No caso de gatos, é importante garantir a segurança, como as telas nas janelas.

Ao reservar acomodações, verifique se aceitam animais de estimação e quais são as regras e restrições. Opte sempre por hotéis ou aluguéis que sejam “pet-friendly”.

Leia também Aplicativos detectam onde gasta mais energia na sua casa

Gostou desse artigo? Continue navegando no Veja Isso que temos muito mais informações e dicas para você.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *