Publicidade

IMC infantil: como calcular o peso ideal da criança corretamente

Você sabia que o Índice de Massa Corporal (IMC) infantil é utilizado para avaliar se a criança ou adolescente está no peso ideal? Pois é. Assim como o adulto, a criança também precisa estar de acordo com o IMC para ter um desenvolvimento saudável e evitar doenças.

Publicidade

Por isso, acompanhar o IMC da criança é fundamental para os pediatras, os pais, e outros cuidadores que tenham contato com a criança.

Afinal, o IMC infantil é uma relação entre o peso e a altura da criança entre 6 meses a 18 anos, que fornece a informação acerca se o peso atual está acima, abaixo ou dentro do normal, ajudando a identificar a desnutrição ou obesidade infantil.

Publicidade

Desta forma, para calcular o IMC da criança e do adolescente, é preciso usar a calculadora a seguir:

  • Sexo
  • Idade
  • Altura (m)
  • Peso (kg)

Pratica atividade física

  • Sim
  • Não

Geralmente, o pediatra relaciona o valor do IMC com a idade da criança para verificar se o desenvolvimento da criança ou do adolescente está de acordo com o esperado para a fase em que se encontra.

Publicidade

Desta forma, caso seja verificado que há alterações nessa relação, o pediatra pode encaminhar e fazer o acompanhamento com o nutricionista para promover alterações nos hábitos alimentares que possam favorecer ao equilíbrio do IMC da criança.

Cálculo do IMC

O que fazer se o IMC estiver alterado

Caso o IMC esteja alterado, é preciso verificar o estilo de vida que a criança tem. Afinal, os hábitos alimentares que envolvem não só a criança, mas também o meio familiar onde ela está inserida podem fazer toda a diferença.

Como aumentar o IMC

Caso o IMC se situe abaixo dos valores considerados normais, é recomendado levar a criança a um pediatra e nutricionista, pois pode ser necessário avaliar vários fatores que auxiliem a identificar a possível causa da perda de peso.

Porém, em geral, a recuperação do peso consiste na realização de uma dieta que inclua alimentos ricos em proteínas e gorduras boas.

No entanto, em alguns casos, é preciso que a criança tome suplementos alimentares, como o Pediasure, que ajuda a fornecer mais calorias e a complementar a dieta.

Como diminuir o IMC

Agora, quando o IMC está alto, pode ser indicativo de sobrepeso ou obesidade infantil.

Neste caso, é importante que o tratamento se concentre na promoção de hábitos e comportamentos alimentares saudáveis.

Ou seja, é preciso reduzir o consumo de açúcares e gorduras, bem como adotar um estilo de vida mais adequado, que promova a atividade física e a promoção de uma autoestima positiva.

Neste sentido, para superar o excesso de peso, o tratamento não deve ser apenas focado na criança mas em todos os familiares.

Afinal, vale destacar também que, é importante avaliar o ambiente familiar onde a criança está inserida e fazer mudanças que envolvam todos os membros da família.

Isso porque, o mais indicado é que a criança com excesso de peso não seja avaliada apenas por um nutricionista, mas por uma equipe multidisciplinar, que contenha um pediatra e um psicólogo, já que a modificação de hábitos pode ser um pouco difícil no começo porém, fundamental para que seja alcançada e mantida a saúde da criança ao longo do tempo.